Você está em: Home » Produtos » Sementes » Outras » Bixa orellana   /   Urucum/Colorau

Urucum/Colorau

Cientifico: Bixa orellana

Origem: América tropical, incluindo o Brasil

Sementes por Kg: 5000

Quantidade disponível no estoque: 4 pacote(s) de 100 unidades cada

Valor de cada pacote com 100 Unidades: R$ 5,00

Escolha a quantidade de Pacotes que deseja comprar: pacote(s) de 100 unidades cada



Descrição:

 Características Gerais:

- A polinização das flores o urucum geralmente é feita pelas vespas mamangavas.

- O colorau é um condimento muito utilizado na culinária, corante natural utilizado na indústria alimentícia, e pigmento na fabricação de tintas.

Produção de mudas:


- A propagação do urucum é feito através de sementes. Que poderão ser semeadas em balainhos, (sacos de polietileno preto de 11 x 22 centímetros perfurados).

- Poderá também usar o método de semeadura em canteiros, para depois passar as mudas para os balainhos.

- Outra alternativa é a semeadura em tubetes de PVC  de 60 a 120 cm cúbicos preenchidos um substrato rico em material orgânico.


Coleta das sementes:


- As cápsulas com as sementes deverão ser coletadas completamente maduras, selecionadas de matrizes rústicas, produtivas, resistentes a pequenas estiagens, tolerantes a pragas e doenças.

- Para uma boa germinação, as sementes deverão ser semeadas imediatamente após a sua colheita.

Substrato dos balainhos:


- Utilizar duas partes de terra de boa qualidade para uma parte de esterco animal bem curtido. (misturar até a homogeneização completa)

Semeadura em Balainhos:

- Preencher os balainhos com o substrato e plantar, em média, três sementes por recipiente. As sementes deverão ser enterradas no solo a dois cm de profundidade.

- A germinação ocorrerá em uma semana.

Semeadura em canteiros:


- As dimensões dos canteiros irão variar conforme a necessidade de produção de mudas, geralmente tem um metro de largura para facilidade de manuseio.


- O local escolhido para os canteiros deverá ter o solo afofado e a incorporação de esterco animal bem curtido, deverão ser nas mesmas proporções acima mencionadas, para os balainhos.

- Os canteiros deverão ser elevados em média quinze centímetros do nível do solo, para propiciar boa drenagem da água aplicada na irrigação, ou de chuva.

- A semeadura é feita em forma de sulcos com profundidade entre dois e três centímetros, espaçados em média trinta centímetros.

- A aplicação das sementes nos sulcos é feita manualmente, obedecendo a distância média de três centímetros entre elas.

- A cobertura é feita com terra peneirada sobre os canteiros, mantendo uma camada uniforme sobre toda a superfície.

Nota:


Para as mudas produzidas em canteiros é bom salientar alguns detalhes:

1-       O ideal seria, logo após a germinação, quando as mudas atingirem,em média, com cinco centímetros de altura, fossem passadas para balainhos, para não sofrer muito o estresse da mudança, ao serem levadas, com suas raízes nuas, para os locais definitivos.

2-      Caso elas necessitem ir para os locais definitivos (em média com quarenta centímetros de altura), com suas raízes nuas, deverão ser feitas as devidas  irrigações diárias nas primeiras duas semanas, depois de transplantadas. Nesse caso as plantas, estressadas, irão perder as folhas, mas logo rebrotarão.

Observações:


- O urucum é uma planta resistente adaptada a várias condições climáticas.

- Alta luminosidade, temperaturas entre 20 e 30 graus centígrados, precipitação pluviométrica acima de 1.200 milímetros e bem distribuída durante o ano, são condições consideradas excelentes para boa produtividade.

- Os solos deverão ser de media a alta fertilidade, profundos, bem drenados, com pH variando em torno de 6,0.

Tratos culturais:


- Fazer capina em rotina periódica, para livrar as plantas das ervas daninhas.

- Combater as formigas cortadeiras

Plantio:


- As covas, para plantio das mudas em seus locais definitivos, deverão ser abertas com espaçamentos médio de 6 x 4 metros

- As covas deverão ter dimensões médias de 40 x 40 x 40 cm.

- Misturar ao solo da cova os seguintes componentes:

- 15 litros de esterco de curral bem curtido.

- 250 gramas de adubo NPK 2-30-10.

- 250 gramas de calcário dolomítico.

- Incorporar todos os ingredientes na terra retirada da cova e depois de homogeneizado, voltar o composto formado, novamente para dentro da cova. Esse processo deverá ser realizado, em média, 20 dias antes do plantio das mudas.

Plantio definitivo das mudas:


- A época ideal para o plantio é o inicio da estação chuvosa.

Receita:


Como retirar o pigmento vermelho do urucum, para utilização na culinária:


- Colocar óleo comestível em uma panela. (por exemplo – 1 copo)

- Adicionar a mesma quantidade de sementes de urucum.

- Levar ao fogo.

- Cozinhar sempre mexendo para que o pigmento das sementes se solte, com o atrito entre elas, e o calor do fogo.

- Ao perceber que as sementes passaram da cor vermelho escuro para o preto, é sinal que a pigmentação já foi totalmente dissolvida no óleo comestível.

- Desligar o fogo, e esperar esfriar o conteúdo da panela.

- Depois de frio, adicionar fubá de milho e ir mexendo.

-Adicionar fubá até o ponto em que todo o óleo seja absorvido.

- Passar a mistura numa peneira fina, para retirar as sementes.

- Desprezar as sementes.

- Acondicionar o fubá pigmentado, em recipientes fechados e conservar em geladeira, para ser consumido na cozinha.

 





voltar

Endereço:
BR 470 | Km 78,5 - Rio Morto - Próximo a ponte pensil
89130-000 - Indaial - Santa Catarina
Email: contato@rosesementes.com.br

© 2015 Rose Sementes. Todos os Direitos Reservados.
Indaial / Santa Catarina
Horário de Atendimento:
Segunda a Sexta:
07:00 as 12:00 - 13:00 as 17:30
Sábados: 07:00 as 12:00